5 dicas inteligentes para reduzir custos com TI(sem perder a qualidade)

4 Flares Twitter 0 Facebook 1 LinkedIn 0 Google+ 3 4 Flares ×

Você considera a TI como um gasto ou como um diferencial estratégico?

Muitas vezes a TI é vista injustamente como um centro de custo que “suga” todo o orçamento. Mas a verdade é que sem a TI, sua empresa estaria a vários passos atrás da concorrência.

“Empresas inteligentes utilizam a tecnologia a favor do seu negócio.”

E como tudo dentro de uma empresa tem que ser bem planejado e gerenciado, a TI também deve ser.

Com as dicas que você vai ler agora, você saberá como reduzir custos com TI sem perder a qualidade.

reduzir custos com ti
Não deixe o orçamento de TI deixar você assim.

 

Parece interessante? Continue lendo esse artigo para saber como reduzir custos com TI e ter um orçamento mais enxuto.

Dica 1 – Use software livre

reduzir custos com ti

O software é o que torna verdade os “milagres” que a tecnologia pode proporcionar nas empresas. Softwares custam caro, mas é um gasto necessário.

A maioria das empresas utilizam o em seus computadores o Windows e Office, e suas licenças de uso são caríssimas e deixam qualquer CIO de cabelo em pé.

Entretanto, existem os softwares livres. O software livre é um software que você pode utilizar sem pagar nada por ele e ainda pode ter acesso ao seu código fonte e editá-lo ao seu gosto.

Trazendo isso para a sua empresa. O software livre te poupa de ter que pagar licenças de uso. E em alguns casos os softwares livres são até mais eficientes do que o software proprietário.

Um substituto do Microsoft Office é o LibreOffice e um substituto do Windows é o Linux. Você pode ver mais alternativas aqui.

Claro que não e só sair formatando os computadores e desinstalando tudo. É preciso verificar a compatibilidade dos softwares livres com todos os programas que sua empresa utiliza. Caso não disponha de um profissional para isso, clique aqui

Várias grandes empresas já estão utilizando software livre.

Podemos citar o Banco do Brasil que utiliza LibreOffice nos seus computadores e Linux nos seus Caixas Eletrônicos.

Você pode ler mais sobre esse case do Banco do Brasil nesses 2 links: 1 | 2

Dica 2 – Use hardware adequado

reduzir custos com ti

O hardware é responsável por suportar tudo o que o software faz. Adquirir um hardware adequado para cada tipo de situação, pode fazer você economizar muito dinheiro.

Venha pensar comigo:

Imagine que você comprou um servidor super potente para instalar seu sistema financeiro interno.
Mas o sistema vai receber apenas o acesso do seu gerente financeiro e dois assistentes…
Nesse caso você gastou dinheiro a mais do que o necessário!

Agora vamos a outro caso.

Você comprou um computador comum para o seu setor de marketing.
E o seu setor de marketing faz edição de vídeos e necessita de uma máquina potente.

Nesse caso, o seu funcionário vai demorar mais para criar as produções multimídias e SE ele conseguir criar.

O resultado é você novamente saindo no prejuízo por não ter comprado o hardware adequado. 🙁

Para saber qual é o hardware adequado para cada tipo de situação você faz o seguinte:

Se for um computador para usuário:

  1. Saiba todos os programas que aquele computador vai executar.
  2. Saiba se esses programas vão ter que executar todos ao mesmo tempo.

Se for um servidor:

  1. Saiba todos os serviços que ele será responsável.
  2. Saiba quantos usuários vão conectar nele ao mesmo tempo.

A equação aqui é simples. Quanto mais programas e serviços rodarem ao mesmo tempo, mais memória e processamento o computador vai demandar.

Com essas informações acima em mãos, seu gestor de TI saberá mensurar o quanto de processamento esse equipamento vai precisar.

E consequentemente vai saber escolher o melhor equipamento para aquela demanda.
Se você não tem um gestor de TI e quer  se preocupar apenas com os resultados. Clique aqui.

Está gostando do artigo? Coloque seu email abaixo e seja o primeiro a receber novidades conteúdo relevante sobre tecnologia por email.

Fique atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog! >

Dica 3 – Identifique os principais problemas do suporte

reduzir custos com ti

Quem nunca precisou do suporte?

Aposto que todos nós já precisamos alguma vez na vida do bom pessoal do suporte que resolve todos os problemas dos nossos computadores…Verdade?

O problema que mora aqui são os problemas recorrentes.

Aqueles problemas que ocorrem sempre. E para completar, eles ocorrem justo quando não podem ocorrer. 🙁

Parece familiar?

A equipe de suporte deve saber identificar quais são os principais problemas recorrentes e descobrir de quem é a culpa e cortar o mal pela raiz.

Como assim de quem é a culpa?

Simples. Muitas vezes, os chamados de suporte ocorrem devido ao sistema/computador não funcionar como ele deveria.

Seja por falta de informação do usuário, ou porquê o sistema/computador não funciona direito mesmo.

Tendo em mãos os principais problemas e sabendo de quem é a culpa é hora de agir!

  • A culpa é do usuário? Procure entender o lado dele e ensine-o para que ele não cometa mais o erro!
  • A culpa é da TI? Cobre da TI! Arregasse as mangas e vá erradicar o problema de uma vez por todas!

A empresa perde dinheiro com uma TI que não funciona!

Dica 4 – Tenha uma excelente equipe de TI

5 dicas inteligentes para reduzir custos com TI(sem perder a qualidade)

Ter uma excelente equipe é o sonho de qualquer chefe de departamento. Você já deve ter se deparado com os temidos profissionais “meia-boca”.
E se pararmos para observar vamos perceber que está cheio de profissionais “meia-boca” nas empresas.

Essa realidade é vivida em todos os segmentos, ou seja, para “tapar um buraco” e atender às demandas, as empresas acabam optando pelo profissional menos ruim que encontram.

NÃO faça isso! Seu bolso agradece.

Ainda mais se tratando de uma área sensível e estratégica como a TI. Não tolere profissionais meia-boca. Queira sempre os melhores, os comprometidos, os corajosos, os bem qualificados e os que querem crescer!

Se você pensa que ter um bom profissional custa caro…Espere até ele te dar o seu primeiro prejuízo!

Encontrar um bom profissional hoje é difícil. E em alguns casos, a terceirização pode ser um ótimo caminho. Saiba mais aqui

Dica 5 – Use serviços em nuvem

5 dicas inteligentes para reduzir custos com TI(sem perder a qualidade)

A Computação em nuvem está deixando de ser tendência mas empresas e passando a ser realidade.

Varias empresas já descobriram a grande sacada por trás da computação em nuvem:

“Com a nuvem você faz mais com menos”

E essa frase aí em cima e o sonho de muitas empresas. E você pode realizá-lo!

Não e tão difícil de se entender como a nuvem funciona: Você paga o que você usa.
Dessa forma, podemos enxergar que não existe desperdício hora nenhuma.

Bastante justo não é?

Vamos ver um exemplo:

Você compra um servidor na nuvem para hospedar um site.
Na nuvem podemos começar com um servidor “fraquinho” e a medida que o site vai ganhando visitas, naturalmente o servidor precisa de mais “poder”, e você pode ajustar a potência do servidor em poucos cliques.

E se a qualquer momento você precisar diminuir a potência do servidor, você pode. E consequentemente pagará mais barato.

Agora imagina se você tivesse um servidor aí dentro da sua empresa.
Você conseguiria ajustar o poder do servidor as suas necessidades altas e baixas?

Assim você não economiza apenas dinheiro.

Você economiza: tempo, espaço, energia elétrica e ainda contribuí para o meio ambiente.

Quer levar sua empresa para as nuvens? Clique aqui

A nuvem também pode ser utilizada em serviços de e-mail. Clique aqui para ler mais.

Relembre as 5 dicas:

  • Dica 1 – Use software livre
  • Dica 2 – Use o hardware adequado
  • Dica 3 – Identifique os principais problemas do suporte
  • Dica 4 – Tenha uma excelente equipe de TI
  • Dica 5 – Use serviços em nuvem

Espero que essas 5 dicas sejam úteis para sua empresa e seu departamento de TI.

Você conhece alguém que adoraria receber essas dicas?

Então faça um favor para ela(e para mim) e compartilhe esse artigo.
Pode ser no Facebook, Twitter ou Google+

E, para finalizar, eu adoraria saber a sua opinião sobre esse artigo.

Fique atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog! >